terça-feira, novembro 28, 2006

E por fim, Patagónia...

Tinha uma enorme curiosidade de ir à Patagónia. O tempo nao era muito, voos arranjados em cima da hora é mentira e resolvemos ir de carro. Conduzi 4.000km em 5 dias (1.600km dos quais no ultimo dia) mas valeu a pena.

Saímos de Buenos Aires e fomos a Mar del Plata a só 400 km. Tudo autoestrada. Um luxo! Já conhecia, estive lá em Março e tinha sido a ultima vez que eu tinha visto o mar. Foi bom sentir aquele cheirinho...


Como o tempo nao convidava a praia (sim Ana, também choveu nas minhas férias...), rumamos a Viedma, capital da Província de Rio Negro. Terra muito simpática que me deu vontade de voltar...

O que mais me impressionou foiu a mudança de paisagem. Na Pampa eram km de pastagens, na Patagónia km de mato. Cheguei a andar 250 km em que a unica presença humana era a própria estrada e os postes de electricidade. Nem uma casa, nem um telefone, absolutamente nada. E rectas de mais de 100 km. Impressionante...


Chegadas a Puerto Madryn, Provincia de Chubut cujo governador é luso descendente, fiquei de boda aberta com a cor do mar. De um azul que nunca tinha visto...

1 Comments:

At 6:50 da tarde, Blogger sonali sen said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Enviar um comentário

<< Home